sexta-feira, 10 de abril de 2015

Dia 6 - Equilíbrio e Liberdade

Ok. Sobrevivi à primeira semana. Levei meio "na maciota" como diria minha vó, mas não foi tão ruim a tal da dieta. Semana que vem quero 'apertar o cerco' e diminuir as gulodices.

Hoje saímos com o cunhado (irmão da Priscilla) e rolou uma cerveja e uns petiscos de noite. Como passo mal se comer muito, manerei. Isso na verdade é o proposto: saber a medida certa, ter equilíbrio, estar em harmonia com o mundo.

Não fui na academia porque estava sem saco; comi direitinho ao longo do dia. Nada de mais.

----------//----------

Se equilíbrio (no sentido de harmonia) é a palavra de ordem de umas semanas pra cá na minha vida, isso tem um motivo. Esse blog começou por causa disso. Estive em 'crise existencial' nos últimos tempos porque justamente preciso decidir os rumos da minha vida. Tenho que pensar se quero morar em Guaíba, em Porto Alegre ou no Canadá; se quero ganhar muito dinheiro ou quero simplesmente me manter no meu emprego; se quero passar muito mais tempo no desenvolvimento da carreira ou se quero estacionar e me preocupar com trabalhos sociais. E eu nunca ia decidir essas coisas corretamente vivendo por impulso e simplesmente dado aos prazeres, sem conexão nenhuma com o mundo ao meu redor, sem temperança, sem auto-controle. Precisava descobrir o que era importante pra mim, estou em busca de auto-conhecimento.

Equilíbrio, mas não só. Hoje estive pensando. Liberdade é uma palavra complementar. Mas, assim como o sentido que dei pra equilíbrio, me refiro à liberdade de uma forma mais metafísica, mais espiritual. Quando digo que quero ser livre, me refiro à ideia de que não devo ser preso a nada, não devo estar condicionado a nenhum vício, não quero ser dependente de nenhuma substância, nenhuma convenção, nenhuma pessoa. Quero poder ir e vir, sair ou ficar, como me convier. E isso é uma coisa dificílima de conquistar. Mas sempre há espaço. A busca já começou.

Mas por hoje fico por aqui. Não são horas pra devaneios. Os sonhos que eu deveria relatar são outros. Já passou da hora de dormir. São quase 2h e eu vou pra cama.

Paztejamos

Nenhum comentário:

Postar um comentário